ACB- Academia Científica do Brasil

ARREBATAMENTO DA IGREJA

ARREBATAMENTO DA IGREJA

PARA BACHARELADO EM TEOLOGIA CLIQUE AQUI

PARA GRADUAÇÃO E PÓS CLIQUE AQUI

 

A palavra “Arrebatamento” pertence à ordem gramatical, substantivo masculino (e abstrato, porque é derivado do verbo arrebatar). Do grego é Harpazo (Harpaz) do latim é rapto. E significa retirada com violência, ou retirada brusca. O Arrebatamento da Igreja implica na retirada milagrosa, ou sobrenatural e inesperada da Noiva do Cordeiro deste mundo mal. Este evento é a maior esperança da igreja. Entretanto, é sobre o Arrebatamento da Igreja que trataremos neste capítulo.

É preciso estar sempre falando sobre esse assunto. A igreja e os gentios queiram, ou não, acreditam, ou não; precisa ouvir e ser conscientizados acerca desse grandioso acontecimento. O grau de aceitação sobre o assunto, não pode impedir a sua proclamação.

Alguém não crendo na Doutrina do Arrebatamento da Igreja, com certeza, perderá a sua salvação; Entristecerá o Espírito Santo; Menosprezará todo o Novo Testamento; Isto é fazer pouco caso dos ensinamentos de Cristo; E desprezará a maior esperança da igreja.

Isto pode acontecer pelos seguintes fatores: Pessoas criadas em lares que seus membros acreditam em outras doutrinas; Pessoas criadas em lares ateus; Apostasia; Opressão maligna; Ou incredulidade crônica.

Com esse estudo esperamos que todos: venham acreditar no Arrebatamento; entender, corretamente, esse fenômeno glorioso; estar reparados para esse acontecimento; espera-lo; e ter fé suficiente que irá participar do mesmo.

Abordaremos os seguintes pontos: Garantia do Arrebatamento, Teorias relativas ao Arrebatamento da igreja.

 

  1. GARANTIA DO ARREBATAMENTO

Muitos não acreditam no cumprimento do Arrebatamento da igreja. Mas a Bíblia Sagrada que é a maior Autoridade palpável e visível na face da terra revela:

Jesus Cristo garantindo que voltará, novamente, para arrebatar a sua amada Igreja (Jo 14: 1-6);

Os anjos já enfatizando que Cristo retornará, de novo, para buscar a sua Noiva querida (At 1: 10,11);

Os Apóstolos ensinando com muita autoridade o glorioso Arrebatamento da Igreja (1ª Ts 4: 13 – 18; Hb 10: 37);

Em cada Ceia do Senhor, a Vinda de Cristo, é biblicamente prometida (1ª Co 11: 26);

Igreja prega que Cristo voltará novamente para buscá-la (Ap 22: 17).

Se as testemunhas de Jeová e os ateus crerem, Cristo Voltará; e se eles não creem, Cristo voltará. A crença, a teoria e a filosofia humana não têm como mudar os planos do Todo Poderoso. Passa os céus e a terra, mas as Palavras de Deus não passarão.

 

  1. TEORIAS RELATIVAS AO ARREBATAMENTO DA IGREJA

 

Há várias teorias acerca do Arrebatamento da Igreja. Mas faremos menção, de apenas, quatro. A saber: PARCIALISMO (Arrebatamento Parcial da Igreja); PÓS-TRIBULACIONISTA (Arrebatamento após a Grande Tribulação); MESO-TRIBULACIONISTA (Arrebatamento no meio da Grande Tribulação); e PRÉ-TRIBULACIONISTA (Arrebatamento antes da Grande Tribulação).

 

  • TEORIA DO ARREBATAMENTO PARCIAL

 

Segundo a esta teoria, o arrebatamento ocorre antes da Tribulação. Mas, porém, apenas os que estiverem plenamente preparados, vigiando, esperando a Vinda de Cristo, que tiverem alcançado certo nível de espiritualidade e que os tornem dignos de ser incluídos no arrebatamento.

E todos os despreparados permanecerão na Terra durante a Tribulação, para serem provados e purificados através dos grandes sofrimentos, sendo arrebatados posteriormente.

Esta teoria tem sido pouco adotada devido a sua semelhança com a doutrina católica do purgatório, segundo a qual o sofrimento pode purgar pecados.

 

  • TEORIA DO ARREBATAMENTO PÓS-TRIBULACIONISTA

 

Os defensores dessa teoria acreditam e ensinam que os cristãos passarão pela Tribulação. Segundo eles, o arrebatamento ocorrerá imediatamente antes da Vinda do Senhor Jesus para o juízo Final. Os Pós-tribulacionistas afirmam que o Arrebatamento da Igreja e a volta de Jesus Cristo para reinar, são apenas aspectos diferentes, de demonstrar um único evento, que acontecerá no final da Grande Tribulação. E isto ocorrerá justamente antes da derrota da besta e seus seguidores e início do Milênio.

 

  • TEORIA DO ARREBATAMENTO MESO-TRIBULACIONISTA

 

Consoante à visão dos meso-tribulacionistas, o Arrebatamento da Igreja ocorrerá no meio da Grande tribulação. Conforme essa interpretação, a Igreja será arrebatada ao final da primeira metade da Septuagésima Semana de Daniel. Isto é no final dos primeiros três anos e meio.

Segundo eles, a igreja suportará os acontecimentos da primeira metade da Tribulação, que segundo os meso-tribulacionistas, não são manifestações da ira de Deus. Ela será arrebatada antes que comece a segunda metade da semana, que segundo essa teoria, contém todo derramamento da ira de Deus. Eles afirmam - se que o Arrebatamento ocorrerá junto com o soar da última trombeta e a ascensão das duas testemunhas de Apocalipse 11.

A teoria do arrebatamento meso-tribulacionista é essencialmente uma via média entre as posições pós-tribulacionista e pré-tribulacionista. Concorda com o pré-tribulacionismo ao afirmar que o arrebatamento da igreja é um acontecimento distinto da segunda vinda de Cristo. Tem em comum com o pós-tribulacionismo, as crenças de que a igreja tem promessas de tribulação aqui na terra e necessita de purificação.

 

  • A TEORIA DO ARREBATAMENTO PRÉ-TRIBULACIONISTA

 

Os pré-tribulacionistas defendem a interpretação dispensacionalista. E que igreja e Israel são dois grupos distintos, e para os quais Deus tem planos distintos. Segundo a teoria do Arrebatamento Pré-tribulacionista, Cristo arrebatará a sua igreja antes da Grande tribulação. A maioria dos Teólogos e dos demais evangélicos aderem esta teoria.

 

  • TEMPO

 

Os pré-tribulacionistas consideram se falsos profetas, todos os marcam a data para o arrebatamento da igreja. Visto que, até antes da sua Ressurreição, nem Jesus sabia o dia do arrebatamento (Mt 24: 36). Porque após ressurgir, além de ter em mãos a chave da morte e a do inferno, Ele recebeu todo o Comando dos Céus e da terra (Mt 28: 18). Isto quer dizer que quando o Senhor ressurgiu, Ele já sabia, o momento exato, deste glorioso evento.

Resumo, assim que os sinais se cumprirem, literalmente, Cristo arrebatará a sua igreja. Sete anos depois Ele, voltará a terra com ela e os santos anjos, para findar a grande tribulação e iniciar o milênio. Para os pré-tribulacionistas, o Juízo Final ocorrerá mil e sete anos depois do arrebatamento da igreja.

E quando a Bíblia diz que será “de noite” (2ª Pd 3: 10) – Não significa que o arrebatamento acontecerá à noite em todos os lugares. Porque em qualquer horário é noite, madrugada, manha e tarde em algum lugar no planeta.

 

  • ARREBATAMENTO PRÉ-TRIBULACIONISTA

 

Para os pré-tribulacionistas Jesus Cristo virá em duas etapas. A primeira é denominada, arrebatamento e a segunda, Vinda de Jesus com Poder e Grande Gloria. O arrebatamento acontecerá acerca de sete anos ante da Vinda de Jesus. Na primeira etapa Cristo não pisará na terra, Ele virá até às nuvens (1ªTs 4: 17) – E na segunda Ele pisará na terra (Mt 24:30). No arrebatamento da igreja, somente os salvos verão, ouvirão e participarão - Na Vinda de Jesus todo olho o verá. Esta primeira etapa será para a igreja, a qual subira e iniciará na terra a grande tribulação – Na segunda, Cristo virá com a igreja, para os filhos de Israel, terminar a grande tribulação e iniciará o Milênio.

O arrebatamento da igreja pré-tribulacionista, será assim: 1) só os salvos verão e participarão, quem irá ficar não vai perceber; 2) será muito rápido, não vai dar tempo para nada (Mt 24: 27; 1ª Co 15: 52); 3) Será em uma hora que os homens não estão esperando (Mt 24: 44). Veja os sete detalhes importantes do Arrebatamento da Igreja: (1ª Tessalonicenses 4: 13 – 18):

  • O mesmo Senhor descerá do Céu;
  • Com alarido (barulho de guerra);
  • Com a trombeta de Deus;
  • A ressurreição dos crentes que morreram, com Cristo;
  • Eles ressurgirão já transformados com o corpo glorioso (16);
  • A transformação dos crentes salvos em um corpo glorioso (1ª Co 15: 51, 53, 54);
  • E subiremos ao encontro do Senhor, nos ares.

Tudo isto, acontecer-se-ão num abrir e fechar de olhos, ou com a velocidade de um relâmpago. Assim, estaremos para sempre com o Senhor. Portanto, Consolai-vos um aos outros com estas palavras. Ao se estudar o arrebatamento da igreja, é imprescindível ler Filipenses (3: 20, 21).

 

Para esse grandioso evento, precisamos estar preparados e não apenas preparando. A pesar de que estando preparando já ser alguma coisa. Mas quando Jesus vier só subirão os preparados. Olhai, vigiai, e orai parque não sabeis quando chegará o tempo (Mc 13: 33).

Fale com as pessoas acerca do arrebatamento da igreja. Procura ensina-los sistematicamente. O ensinamento causa resultados bem mais superiores do que, tão somente, falar. Vamos fazer de tudo para perdermos a oportunidade de subi.

 

 

OLIVEIRA, Dr. João Domingos Soares de, JDSO, Educação em Primeiro Lugar, Arrebatamento da Igreja, postado dia 18 de dezembro de 2015, disponível em: