Clube dos Intelectuais

Quem Ensina é o Espírito Santo, ou é o Homem?

Quem Ensina é o Espírito Santo, ou é o Homem?

Dr. João Domingos Soares de Oliveira, publicado 06 de dezembro de 2018

Ler e estudar a Bíblia Sagrada são também mandamentos bíblicos. Caros leitores perdoem-me, por favor, pois preciso desabafar. Postei ontem (05/12/2018) em uma rede social umas dicas para pregadores, para os alunos de nosso Seminário. Certo elemento, não dos nossos seminaristas, teve ousadia infeliz de comentar: - Não pode ensinar não, quem dar a palavra é o Espírito Santo. Fiquei abatido, mas controlei-me. Mas, todavia, rebati-lhe.

Para ele não. Porque seria uma perda de tempo eu escrever para o tal, visto que não sou o Espírito Santo, o Único que o mesmo dar ouvidos. Mas escrevi para nossos alunos e as demais pessoas que tem a igreja na terra como a embaixadora de Cristo (2ª Coríntios 5: 20; 8; 23):

O ESPÍRITO SANTO O ENSINADOR: Na verdade uma das principais missões do Espírito Santo é ensinar a igreja e fazê-la lembra do que tens aprendido (João 14: 26). Mas como Ele (o Espírito Santo) não se humanizou, ou se encarnou, assim como Cristo, o Santo Espírito precisa usar os seres humanos para essa missão. O plano de Deus para essa Dispensação é usar o homem para falar com o homem (1ª Tessalonicenses 5: 11).

Portanto, as principais ferramentas utilizadas nas Mãos do Espírito de Deus para ensinar a igreja são os membros do Ministério da mesma. Leiamos: “E Ele (Jesus Cristo) mesmo deu uns para apóstolos, e outros para profetas, e outros para evangelistas, e outros para pastores e doutores, Querendo o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação do corpo de Cristo; Até que todos cheguemos à unidade da fé, e ao conhecimento do Filho de Deus, a homem perfeito, à medida da estatura completa de Cristo, Para que não sejamos mais meninos inconstantes, levados em roda por todo o vento de doutrina, pelo engano dos homens que com astúcia enganam fraudulosamente” (Efésios 4:11-14).

Biblicamente o Santo Espírito de Deus age independente de usar o homem, é quando o membro da igreja for preso, pelo amor de Deus e de sua Palavra. Quando não tiver alguém humano para ser usado, o Espírito Santo age sozinho. Por falta de gente Deus já chegou usar uma jumenta (Números 22: 28). Aprendam quando o Santo Espírito age sem usar o homem: “E sereis até conduzidos à presença dos governadores, e dos reis, por causa de mim, para lhes servir de testemunho a eles, e aos gentios. Mas, quando vos entregarem, não vos dê cuidado como, ou o que haveis de falar, porque naquela mesma hora vos será ministrado o que haveis de dizer. Porque não sois vós quem falará, mas o Espírito de vosso Pai é que fala em vós” Mateus (10: 18-20).

LEIS DA DIDÁTICA CRISTÃ: O grande apóstolo não pediu a Timóteo para ficar esperando o Espírito Santo lhe dar palavras, mas o ensinou: “Persiste em ler, exortar e ensinar, até que eu vá” (1ª Timóteo 4: 13). Deste o antigo Testamento Davi ensinava: “Uma coisa pedi ao Senhor, e a buscarei: que possa morar na casa do Senhor todos os dias da minha vida, para contemplar a formosura do Senhor, e “APRENDER” no seu templo” (Salmos 27:4).

Depois, o próprio Paulo fortalece a doutrina a Timóteo “Tu, porém, permanece naquilo que aprendeste, e de que foste inteirado, sabendo de quem o tens aprendido” (2ª Timóteo 3: 14). E o grande apóstolo continuou a ensinar: “O que também aprendestes, e recebestes, e ouvistes, e vistes em mim, isso fazei; e o Deus de paz será convosco” (Filipenses 4: 9); “Se é ministério, seja em ministrar; se é ensinar, haja dedicação ao ensino”; (Romanos 12:7).

Agora vamos aprender um pouco com o Apóstolo por Excelência e Mestre dos mestres (Professor), A SABER, Jesus Cristo, que empregou 80% do seu Glorioso Ministério “ENSINANDO”: “E crescia Jesus em sabedoria, e em estatura, e em graça para com Deus e os homens” (Lucas 2: 52) “Ele disse estas coisas na sinagoga, ensinando em Cafarnaum” (João 6: 59); “E aconteceu que, estando Ele a orar num certo lugar, quando acabou, lhe disse um dos seus discípulos: Senhor, ensina-nos a orar, como também João ensinou aos seus discípulos” (Lucas 11: 1); “E aconteceu que, acabando Jesus de dar instruções aos seus doze discípulos, partiu dali a ensinar e a pregar nas cidades deles” (Mateus 11: 1); “Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém” (Mateus 28: 20).

E o apóstolo Pedro mostrou que aprendeu bem do Mestre dos mestres “Antes crescei na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo. A ele seja dada a glória, assim agora, como no dia da eternidade. Amém” (2ª Pedro 3: 18).

Resumo: Com plena e sólida base em toda Bíblia Sagrada é preciso estudar a Palavra de Deus. Os cultos de ensinamentos, as escolas bíblicas dominicais, os cursos de capacitações e os cursos teológicos (Básicos, Médios, Bacharelados, Mestrados, Doutorados e Pós-doutorados) são necessários para um membro da igreja. Esses estudos não se tratam de vaidade, mas de necessidade. Refutar esses estudos é um meio de exaltação própria (o indivíduo julga já saber tudo), e ir à contramão dos estudos bíblicos não provém de Deus.